Cuidados com o coração do Pet

Home / Cardiologia Veterinária / Cuidados com o coração do Pet
Cuidados com o coração do Pet

Com o propósito de proteger os cães de enfermidades sérias no coração; tutores necessitam incluir checkup para assegurar uma boa saúde, alimentação saudável, atividade física e atenção aos sintomas. A idade dos Pets também interfere no fator de risco à doenças cardíacas.

Cães de raças pequenas necessitam de atenção a partir dos 8 anos, de raças médias aos 7 e cães grandes aos 6 anos de idade quando se tornam idosos. Os Gatos a partir de 7 anos.

Existem sinais de doenças cardíacas que devem ser observados nos Pets e ao percebê-los os tutores devem procurar o veterinário para exames necessários e diagnóstico.
  • Dificuldade ao respirar:

Pode indicar diminuição da capacidade cardíaca, se o cão apresentar uma respiração mais rápida do que o normal.

  • Tosse:

É um alerta de doença cardíaca mais comum, não pode ser considerado um sintoma insignificante. Uma consulta veterinária é o mais indicado.

  • Cansaço:

Um cão que se cansa facilmente que o normal está indicando a falta de resistência física que pode ser consequência de doença cardíaca.

  • Barriga grande:

A retenção de líquidos na barriga, acompanhado da perda de massa muscular e falta de apetite, pode ser devido ao enfraquecimento do músculo cardíaco.

  • Desmaio:

É um sinal que raramente aparece, porém é alarmante quando um cão desmaia quando fica muito animado e volta rapidamente. Uma situação que o veterinário é imprescindível.

Quando o coração do Pet fica acometido por problemas no coração, as funções de outros órgãos, como os rins e o fígado, podem ficar prejudicadas, trazendo maior prejuízo à saúde do animal.

Sobretudo, os avanços tecnológicos tem permitido evolução no tratamento dos Pets. Assim como, o medicamento proporciona um melhor funcionamento do coração e evita a evolução do problema. Além de que é necessário oferecer alimentação própria para cães cardiopatas.

Acima de tudo, com o acompanhamento do médico veterinário, o Pet recebe qualidade de vida e tranquilidade. Além disso, o tutor precisa mantê-lo hidratado, como também evitar situações de stress, atividade física excedente, mudanças de temperatura extremas e umidade.

 

Deixar uma resposta

Your email address will not be published.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.