Neoplasia gástrica em cães

Neoplasia gástrica em cães

A neoplasia gástrica (estômago) tem baixa prevalência em cães e gatos e pode ser manifestada por inapetência (falta de apetite), perda de peso, vômitos (com ou sem sangue), fezes com sangue que podem resultar em anemia. São sinais clínicos inespecíficos e lentamente progressivos, desta forma o diagnóstico precoce pode ser bastante desafiador.

Pode ser classificada como benigna, com crescimento lento e limites bem definidos, ou maligna, crescimento mais rápido e limites indefinidos. Existem alguns tipos principais, que podem ser classificados de acordo com as características histopatológicas e imunohistoquimicas.

O adenocarcinoma é a neoplasia gástrica mais comum em cães, seguido de linfossarcoma, leiomiossarcoma, fibroma, carcinoma de células escamosas e plasmocitoma. O adenocarcinoma ocorre com maior frequência em machos com idade média de 8 anos no momento do diagnóstico.

Em gatos, o linfossarcoma é o tumor gástrico mais comum sem predisposição racial ou sexual, acometendo animais de idade média de 11 anos que podem estar negativos para FeLV.

O diagnóstico dessas neoplasias é realizado com auxilio de exames de imagem como radiografias, ultrassom abdominal, endoscopia ou achados cirúrgicos.

As radiografias contrastadas assim como exame de ultrassom abdominal podem revelar uma parede gástrica espessada e ulcerada. Já a endoscopia possibilita demonstrar com maior acurácia a neoformação assim como revelar sinais de mucosa espessada, com alteração em sua coloração e úlceras gástricas.

O tratamento deve ser realizado de forma precoce para que outros sinais como a anemia possam ser controlados rapidamente. A orientação oncológica pode ser de fundamental importância para o tratamento a longo prazo e estadiamento da lesão.

O especialista em gastroenterologia veterinária, Dr. Maic Nésio Abreu, é pós-graduado em Clínica de pequenos animais pelo Instituto Qualittas e Pós-Graduado em Gastroeneterologia de cães e gatos pela ANCLIVEPA (SP) e atualmente, compõe a equipe multidisciplinar do Centrovet. Entre em contato!

Para acompanhamento oncológico, Dra. Mariana Cavalcanti é fundadora do 1º Serviço volante de Oncologia Veterinária de Minas Gerais – Oncovida Saúde Animal, onde atuou nas principais clínicas de Belo Horizonte e região, como oncologista por 10 anos. Sócia- proprietária do Centrovet, é responsável pelo Serviço de Oncologia da Clínica.

Deixar uma resposta

Your email address will not be published.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.