Cachorros e gatos também podem ter catarata

Cachorros e gatos também podem ter catarata

Se o seu animalzinho de estimação está ficando com os olhos brancos ou azulados, preste atenção: ele pode estar com catarata! A doença deixa o cristalino opaco e bloqueia a passagem de luz, prejudicando a visão e a qualidade de vida de gatos e cachorros.

As causas mais comuns da catarata são predisposição genética e complicações do diabetes. Mas ela pode, ainda, ser formada por luxações da lente, acidentes com trauma, medicamentos, doenças intraoculares, degeneração da retina e doenças inflamatórias.

Em todos os casos, é necessária a avaliação de um oftalmologista veterinário, que vai verificar a possibilidade de uma cirurgia. Além disso, a catarata sempre causa uma inflação, que pode se agravar e levar ao glaucoma.

A doença é mais comum em cães do que em gatos, e geralmente afeta animais idosos. Porém, pode acometer também cães jovens. Raças como Poodle, Cocker Spainel e Golden Retriever são as mais propensas a desenvolver a doença.

Tratamento – Na medicina humana, a cirurgia de catarata é uma das mais realizadas. A boa notícia é que ela está se tornando uma realidade também na medicina veterinária, sendo cada vez mais procurada pela complicação limitante da doença, trazendo um grande impacto para a vida do pet.

Em Belo Horizonte, a cirurgia de catarata para cães e gatos é realizada no CentroVet pelo doutor Júlio César Amaral Corrêa, médico oftalmologista veterinário.

No caso de identificada uma ligação com o diabetes, é importante fazer também um acompanhamento com um endocrinologista veterinário, que vai realizar exames e identificar o melhor tratamento para o seu pet.

Deixar uma resposta

Your email address will not be published.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.