Doenças oculares em Pets

Doenças oculares em Pets

A visão tem a função de orientação espacial; sendo nesse caso os olhos os responsáveis por um dos sentidos mais importantes para os animais e para nós! Eles nos ajudam a ter uma interação com nossos pets; mas também há sinais nos olhos que podem nos ajudar a perceber a presença de doenças oculares e sistêmicas!

Algumas das doenças comuns na visão dos peludinhos:
Uveíte

Trata-se de uma inflamação na camada vascularizada do olho do cão; que pode ser causada por trauma, bactérias, fungos, vírus, protozoários ( babésia e leishmaniose), entre outros menos comuns! Os sintomas são dor, fotofobia, lacrimejamento, vermelhidão, podendo evoluir para catarata ou glaucoma, quando não tratada de forma correta.

Catarata

Olhos “azulados ou brancos” são sinais perceptíveis nos animais com a doença. O cristalino se torna opaco e a visão do animal fica prejudicada; é mais comum em cães do que em gatos. Geralmente afetam animais idosos, porém podem acometer cães jovens ou ser congênitas. Em todos os casos há a necessidade de exame oftálmico e medicação; é com certeza uma das maiores causadoras do glaucoma em cães. Há casos de predisposição genética em certas raças; como: Poodle, Cocker Spainel e Golden que estão mais propensas a desenvolver a doença.

Conjuntivite

Os sinais mais comuns são vermelhidão nos olhos, prurido e secreção. É uma doença raramente contagiosa nos cães, mas rotineira em gatos; sendo causada por vários agentes como: corpos estranhos, alérgicos alimentares, alérgicos tópicos e atópicos, bacterianas e virais.

Glaucoma

Ocorre em decorrência de uma pressão intraocular não compatível com a retina; sendo assim é uma doença que lesiona a retina causando cegueira, e em alguns casos pode deixar os olhos com aparência “saltada”; mas podemos ter casos clínicos em que a pressão já esteja provocando perda visual e somente será constatada com o exame de medição da pressão ocular e avaliação da retina em conjunto; Podendo ser controlada por medicamentos e/ou cirurgia.

Como resultado, quando as enfermidades citadas não recebem o tratamento correto, podemos ter por consequência a cegueira. Portanto, os cuidados e tratamentos são essenciais para evitar complicações. A prevenção funciona com uma garantia de saúde ocular para todas as doenças oftalmológicas, sendo assim alguns cuidados são essenciais para que os pets não tenham problemas frequentes :

  • Observar cor e coceira nos olhos do cão.
  • Mudanças de comportamento: esbarrar nos móveis e parede.
  • Evitar o vento forte diretamente nos olhos ao transitar de carro com seu Pet.
  • Evitar que pelos e shampoos caiam nos olhos do Pet.
  • Realizar check ups regularmente com o oftalmologista.

Deixar uma resposta

Your email address will not be published.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.