doença periodontal

O primeiro sinal desta afecção silenciosa é a halitose, aquele bafinho que provavelmente todo mundo já notou no seu animalzinho. Você também poderá notar além da halitose, inflação/sangramento gengival, dificuldades para se alimentar e/ou perda de apetite, desinteresse por brinquedos, perda de dentes, salivação, secreção nasal, espirros, etc.

A doença consiste basicamente num acúmulo de placa bacteriana nos dentes, que a medida que o tempo passa, mineraliza junto a restos alimentares, saliva e bactérias e se transforma em cálculo, também conhecido como tártaro. Desta forma, acaba inflamando a região e destruindo as estruturas de sustentação do dente, levando a mobilidade dentária, retração das gengivas, perda de ligamento periodontal e também osso alveolar. Em casos mais crônicos, as bactérias levadas pelo sangue através dos muitos vasos existentes no corpo, podendo agravar doenças cardíacas, renais e endócrinas principalmente, como a diabetes.

A prevenção é feita realizando a remoção mecânica da placa, pelo menos uma vez ao ano, associada a escovação dentária, com pastas de uso veterinário, que não irão provocar alterações gastrointestinais, fornecer rações de boa qualidade e ofertar brinquedos e petiscos visando hábitos mastigatórios saudáveis. Mas isso vai ser assunto de um próximo blog 😉

E então, já podemos agendar uma avaliação?

Dra. Renata Queiroz, especializada em odontologia veterinária, faz parte da equipe multidisciplinar do Centrovet e pode avaliar o caso do seu pet. 

Para agendamentos e informações:
☎️ (31) 2510-6797 | (31) 3324-3362
📱 WhatsApp: (31) 7581-0062
📍 Rua Raul Mendes, 42 – Floresta
🚗 Estacionamento próprio e gratuito para clientes.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *